Brasileiros estimam inflação de 11,4% para os próximos 12 meses, diz FGV

 

Amanda Lopes, faz doação no Dia Nacional de Coleta de Alimentos. Na ação, voluntários recebem doações em supermercados de 60 cidades do País (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Pesquisa revela que consumidor gastará mais para fazer comprasMarcelo Camargo/Agência Brasil

Os consumidores brasileiros estimam uma inflação acumulada de 11,4% para os próximos 12 meses. O dado é do Indicador de Expectativa de Inflação dos Consumidores, de fevereiro deste ano, divulgado hoje (24) pela Fundação Getulio Vargas (FGV).

A expectativa dos consumidores é 0,1 ponto percentual acima da estimativa em janeiro (11,3%). Essa é a taxa mais alta do indicador desde o início da série histórica, em setembro de 2005, de acordo com a FGV.

O indicador é calculado com base em entrevistas com consumidores que respondem: "Na sua opinião, de quanto será a inflação brasileira nos próximos 12 meses?". A resposta é livre.

A FGV informa, ainda, que o indicador se estabilizou no patamar de 11% e reflete o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), a inflação oficial medida pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, que acumula alta de preços de 10,71% (segundo a medição de janeiro deste ano)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos