Frente Povo sem Medo faz protesto em defesa de democracia em shopping no Rio

Integrantes da Frente Povo sem Medo e trabalhadores sem teto fizeram hoje (24) um protesto dentro do Shopping Rio Sul, em Botafogo, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. O ato faz parte da mobilização nacional da frente e do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST).

Cerca de 100 manifestantes se reuniram em uma das praças de alimentação, no segundo piso do shopping. Com faixas, bandeiras e um megafone, eles criticaram o processo de impeachment da presidenta Dilma Rousseff e a defesa, por setores da população, desse processo, que eles chamaram de golpe.

"É um ato nacional pela democracia e por uma saída à esquerda", disse o organizador do ato, Vitor Guimarães, integrante da Frente e do MTST. "Nós viemos de onde a discriminação contra o povo mais pobre é mais forte", acrescentou.

Vários clientes do shopping hostilizaram os manifestantes com palavras e vaias. Gritos de "Fora PT" foram ouvidos. Houve também clientes que se solidarizaram com o protesto e gritaram "Não vai ter golpe", junto com os manifestantes.

Em determinado momento, a situação ficou tensa quando vigilantes do shopping exigiram, sem sucesso, que os manifestantes deixassem o local. Eles responderam que tinham direito de usar o local como qualquer pessoa. A organização do protesto distribuiu pão com mortadela para que os manifestantes pudessem usufruir da praça de alimentação.

A Polícia Militar foi chamada e, depois de uma rápida negociação, os manifestantes se dirigiram à saída do Rio Sul, cantando "Não vai ter golpe". O ato começou ao meio-dia e durou cerca de 40 minutos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos