Rio confirma primeira morte por gripe H1N1

O Rio de Janeiro registrou a primeira morte provocada pela gripe H1N1, um dos tipos da Influenza A. Em todo o estado, foram registrados três casos da doença até o momento, segundo a Secretaria de Estado de Saúde. Em 2015, o Rio não registrou nenhum caso confirmado de H1N1. 

Em todo o país, o vírus matou cerca de 50 pessoas. Apesar do número, o calendário nacional da campanha de vacinação contra a gripe, definido pelo Ministério da Saúde, não será alterado e começa no dia 30 de abril.  No Rio de Janeiro, os casos devem aumentar a partir de junho, quando as temperaturas são mais baixas.

Em São Paulo, cerca de 40 mortes atribuídas ao vírus H1N1 foram notificadas até o momento e a Secretaria Estadual de Saúde antecipou para a próxima semana o início da vacinação dos mais 530 mil profissionais de saúde no estado.

Ontem (30), foi confirmado o primeiro caso de morte no Mato Grosso. Em Santa Catarina, já foram confirmadas quatro mortes provocadas pela gripe H1N1. 

Os principais sintomas da doença são febre alta, tosse, dor no corpo, dor de cabeça e indisposição. Lavar as mãos regularmente, usar álcool em gel e evitar aglomerações são algumas das recomedações para evitar a propagação do vírus.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos