Com atraso, Câmara define partidos que vão ocupar presidência de comissões

Carolina Gonçalves - Repórter da Agência Brasil

Em reunião na manhã de hoje (28), líderes partidários definiram, com quase três meses de atraso, os partidos que vão ocupar as presidências das 25 comissões permanentes da Câmara dos Deputados. O colegiado mais cobiçado, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), vai ficar com o PMDB. Confira a lista completa abaixo. 

A eleição dos presidentes está marcada para a próxima terça-feira (3) para que as comissões comecem a trabalhar no dia seguinte. Os partidos têm até dia 2 para indicar os demais integrantes. Também ficou acordado que candidaturas avulsas terão de seguir a definição partidária definida hoje.

Alguns nomes, no entanto, já estão sendo definidos. Segundo o líder do PMDB na Casa, Leonardo Picciani (RJ), o mais provavél para ocupar a vaga da CCJ é Osmar Serraglio (PR). Está nas mãos da CCJ, por exemplo, um recurso apresentado pela defesa do presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que pede anulação da votação do parecer do Conselho de Ética que deu continuidade às investigações contra o peemedebista. Cunha é acusado de ter mentido na CPI na Petrobras, quando negou manter contas no exterior. Serraglio é apontado como um parlamentar próximo de Cunha e sob ele pesam acusações de que poderia "ajudar" o representado.

"O recurso será apreciado nos termos do Regimento Interno. Serraglio tem um histórico de correição, é comprometido com a transparência. Não acredito que tomará qualquer medida não republicana", afirmou Picciani.

O PMDB também já definiu os comandos da comissão de transportes, que será de Washington Reis (RJ), e a de Finanças e Tributação, que terá Simone Morgado (PA) no comando. Outro nome já divulgado pelos líderes é o de Alexandre Leite (DEM- SP) para a Comissão de Ciência, Tecnologia e Informação e Comunicações.

Atraso nos trabalhos

A formação das comissões deveria ter ocorrido no início do ano, mas dúvidas sobre o rito do processo do impeachment da presidente Dilma Rousseff, definido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), acabou esbarrando nas regras de indicação por chapa oficial ou avulsa para a composição da comissão especial que analisou a admissibilidade do pedido. Isto levou o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), a questionar o impacto da decisão sobre as comissões permanentes.

Poucos dias depois, a Câmara ainda viveu o troca-troca de legendas promovido pela janela partidária que permitiu, entre 18 de fevereiro e 18 de março, migrações sem que houvesse punição para os parlamentares. Neste período, os deputados consideraram melhor aguardar o novo cenário dos partidos ficarem definidos para então decidirem como seria a distribuição das bancadas pelos colegiados da Casa.

Ontem, finalmente, um texto aprovado em plenário por 256 votos a favor e 153 contra, estabeleceu que as vagas e a presidência das comissões serão distribuídas de acordo com o tamanho atual das bancadas e não de acordo com o cenário original do início da legislatura nas últimas eleições.

Nas mudanças, também ficou definido que os suplentes nas comissões devem ser do mesmo partido do titular e não do bloco parlamentar como acontece hoje. As mesmas regras vão valer para o Conselho de Ética. Como este colegiado analisa hoje o processo contra o presidente da Casa, os deputados decidiram que, no caso do conselho, as mudanças só ocorrerão a partir de fevereiro de 2017 evitando qualquer influência sobre a relação de forças na análise do futuro de Cunha.

No final da noite, os deputados também aprovaram, por 221 votos a favor, 167 contra e uma abstenção, a criação de duas novas comissões técnicas permanentes na Casa: Defesa dos Direitos da Mulher e de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa.

 

Comissão

Partidos

Comissão de Agricultura, Pecuária, Abastecimento e Desenvolvimento Rural - CAPADR

PP

Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática - CCTC

DEM

Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania - CCJC

PMDB

Comissão de Cultura - CCULT

PT

Comissão de Defesa do Consumidor - CDC

PSDB

Comissão de Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência - CPD

PSC

Comissão de Desenvolvimento Urbano - CDU

PSD

Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços - CDEICS

SDD

Comissão de Direitos Humanos e Minorias - CDHM

PT

Comissão de Educação - CE

PTB

Comissão do Esporte - CESPO

PRB

Comissão de Finanças e Tributação - CFT

PMDB

Comissão de Fiscalização Financeira e Controle - CFFC

PT

Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia - CINDRA

PSB

Comissão de Legislação Participativa - CLP

PCdoB

Comissão de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável - CMADS

PSB

Comissão de Minas e Energia - CME

PR

Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional - CREDN

PSDB

Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado - CSPCCO

PTN

Comissão de Seguridade Social e Família - CSSF

PP

Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público - CTASP

PDT

Comissão de Turismo - CTUR

PSD

Comissão de Viação e Transportes - CVT

PMDB

Comissão dos Direitos da Mulher*

PR

Comissão dos Direitos da Pessoa Idosa*

PSDB

* Comissões criadas ontem que não tem site na página da Câmara ainda

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos