PF prende duas pessoas por extração ilegal de minério no interior da Bahia

Sumaia Villela - Correspondente da Agência Brasil

Duas pessoas foram presas em flagrante nesta sexta-feira (23), durante a Operação Tempestade no Deserto, desencadeada pela Polícia Federal (PF), em conjunto com o Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM), no interior da Bahia. Os presos extraíam, transportavam e comercializavam recursos minerais em areais da região de Humildes, em Feira de Santana.

Sergundo a PF, a empresa à qual as pessoas eram ligadas não tem autorização dos órgãos ambientais competentes fazer as extrações. Além disso, três pessoas foram conduzidas a Salvador para prestar depoimento na Superintendência Regional da Polícia Federal. Após as declarações, as três foram liberadas. Dois veículos foram apreendidos durante a ação.

De acordo com a PF, o objetivo da operação é coibir a extração ilegal de minerais, que gera danos ambientais e prejuízos aos cofres público. Entre os envolvidos, foi identificado um empresário da região, que realizava a extração e o transporte do material para revenda na cidade de Conceição do Jacuípe, também na Bahia.

Os presos foram levados ao presídio de Feira de Santana e estão à disposição da justiça. Ambos foram indiciados por crimes ambientais e contra a ordem econômica.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos