Chuvas

Uma pessoa morre afogada durante chuva na capital paulista nesta sexta

Camila Boehm

Da Agência Brasil, em São Paulo

  • Willian Moreira/Futura Press/Estadão Conteúdo

    Chuva causa alagamento na rua 25 de Março, no centro de São Paulo (SP), nesta sexta

    Chuva causa alagamento na rua 25 de Março, no centro de São Paulo (SP), nesta sexta

Uma pessoa morreu afogada na noite desta sexta-feira (20) durante a forte chuva que atingiu a capital paulista. De acordo com o Corpo de Bombeiros, houve um chamado por volta das 19h20 em Perdizes, zona oeste da cidade. A vítima estava presa embaixo de um carro na rua Cardoso de Almeida. Ainda segundo a corporação, a morte foi constatada no local.

Outro chamado de afogamento foi registrado pelos bombeiros na noite de sexta. Dessa vez, na rua Otto de Alencar, no bairro da Liberdade, centro da cidade. A vítima foi socorrida em parada cardiorrespiratória e levada para a Santa Casa de São Paulo.

As zonas norte, leste, sudeste, oeste e central da capital paulista, além das Marginais Pinheiros e Tietê, ficaram em estado de atenção para alagamentos por cerca de duas horas, até as 21h05, de acordo com o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências) da prefeitura.

O estado de atenção é decretado quando se considera que as chuvas têm potencial para a formação de alagamentos (precipitação intermitente ou contínua, de moderada à forte).

Conforme dados parciais do CGE, até as 21h02 na capital paulista foram registrados 16,1 milímetros (mm) de chuva. No entanto, algumas regiões tiveram volumes maiores, como o centro (47,3mm) e a zona oeste (22,2mm).

Deslizamento

Um deslizamento de terra na noite desta sexta próximo à via, na altura da estação Perus, fez os trens da Linha 7 - Rubi, da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), circularem com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Luz e Francisco Morato. Até as 22h30, a CPTM registrou lentidão na operação da linha.

Próximos dias

Segundo o CGE, este sábado (21) deve ser mais um dia de tempo fechado e chuvas intermitentes. O solo continua encharcado, o que requer atenção às áreas consideradas de risco. Os termômetros oscilam entre 18°C e 25°C.

No domingo (22), o sol aparece entre nuvens pela manhã, o que facilita a elevação da temperatura. Entre o meio da tarde e o início da noite, o calor e a grande disponibilidade de umidade geram áreas de instabilidade que podem provocar pancadas de chuva com forte intensidade, acompanhadas de trovoadas e rajadas de vento. A previsão no domingo é de mínima de 18°C e máxima de 27°C.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos