Indicador de nível de atividade da indústria paulista cai 0,5% em fevereiro

Elaine Patricia Cruz - Repórter da Agência Brasil

O Indicador de Nível de Atividade (INA) da indústria paulista caiu 0,5% em fevereiro na comparação com janeiro, sem considerar as influências sazonais, informou hoje (30) a Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Na comparação com o mesmo mês do ano passado, a queda foi de 5,1%.

Segundo a Fiesp, a queda na comparação com fevereiro de 2016 pode ser explicada pelo fato de 2016 ter sido bisexto, portanto com um dia útil a mais no mês de referência. No acumulado dos últimos 12 meses, o indicador apresentou queda de 7,8%, sem o ajuste sazonal.

"Os dados de fevereiro não anulam os saldos de dezembro e janeiro, que apresentaram altas de 3,5% e 0,1%, respectivamente. Porém, a recuperação ainda será lenta, gradual e turbulenta. Não devemos nos surpreender com solavancos", disse Paulo Francini, diretor do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp. Francini aposta em crescimento da atividade industrial de 1,2% para este ano.

O INA é um indicador que acompanha o total de vendas reais, as horas trabalhadas na produção e a utilização da capacidade instalada da indústria de transformação paulista.

Sensor

A Fiesp também divulgou hoje o Sensor, pesquisa qualitativa de conjuntura econômica. Nesta pesquisa, as empresas respondem questões relativas ao mercado, vendas, exportação, estoques, emprego e investimento. As respostas recebem pontuação que varia de 0 a 100. Resultados acima de 50 pontos revelam expectativa positiva na comparação com o mês anterior e abaixo de 50 pontos, expectativa negativa.

Segundo a pesquisa, a expectativa dos empresários para o mês de março atingiu 50,5 pontos, ante 50,6 pontos em fevereiro.

Dos indicadores que compõem o Sensor, o emprego foi o destaque, atingindo o maior nível desde novembro de 2010: 53,7 pontos, com avanço de 1,3 ante os 52,4 de fevereiro. Resultados acima dos 50 pontos indicam expectativa de admissões para o mês.

Já o indicador de vendas apresentou queda de 5,7 pontos, passando de 55 para 49,3 pontos.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos