Base da primeira Unidade de Polícia Pacificadora do Rio é incendiada

Vitor Abdala - Repórter da Agência Brasil

A base da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Morro Santa Marta, em Botafogo, na zona sul do Rio de Janeiro, sofreu um ataque na noite de ontem (30), depois que um homem foi baleado por policiais na comunidade. De acordo com a assessoria de imprensa do Comando de Polícia Pacificadora, durante o ataque à base, houve um princípio de incêndio.

Ninguém foi preso ou ferido durante o ataque à base. Depois do incidente, o policiamento foi reforçado na comunidade, inclusive, com o apoio do Batalhão de Ações com Cães.

Segundo a assessoria do Comando de Polícia Pacificadora, o homem foi baleado depois que policiais foram atacados durante um patrulhamento de rotina no Santa Marta. O homem que, segundo a polícia, seria integrante da quadrilha que controla a venda de drogas na comunidade, foi levado para o Hospital Miguel Couto.

A UPP do Santa Marta foi a primeira Unidade de Polícia Pacificadora a ser implantada no estado do Rio de Janeiro, em dezembro de 2008. Até pouco tempo, era considerada uma das unidades mais bem sucedidas do projeto.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos