Eletrobras apresenta plano de demissão para empregados de subsidiária gaúcha

Cristina Indio Brasil - Repórter da Agência Brasil

A Eletrobras apresentou hoje (23) seu plano de demissão voluntária extraordinária (PDVE) aos empregados da sua subsidiária Companhia de Geração Térmica de Energia Elétrica (CGTEE) lotados na sede, em Porto Alegre, e também na Usina Termelétrica Presidente Médici, em Candiota, também no Rio Grande do Sul.

De acordo com a Eletrobras, o PDVE é específico da subsidiária e não tem relação com o Plano de Aposentadoria Extraordinária (PAE) que lançou ontem (22) para os seus empregados.

A empresa acrescentou que estão aptos a aderir ao PDVE todos os empregados lotados na usina Presidente Médici, além de profissionais da área administrativa de Candiota e de Porto Alegre. A adesão é voluntária e pode ser feita até 2 de junho. Os desligamentos deverão ocorrer entre junho e janeiro, conforme a conveniência da empresa. A Eletrobras não informou a expectativa sobre a quantidade de empregados que devem aderir.

Segundo a Eletrobras, o PDVE foi lançado em um momento em que as suas empresas passam "por importantes mudanças" definidas no Desafio 21: Excelência Sustentável, como é chamado o seu plano diretor de negócios e gestão para o período de 2017 a 2021. Para a estatal, o planejamento tem como pilares governança e conformidade; disciplina financeira; e excelência operacional.

Após registrar prejuízo superior a R$ 1 bilhão em 2016, a estatal apontou que, para seguir o processo de reestruturação de suas empresas, está em andamento na CGTEE a fusão de diretorias, com adequação da estrutura organizacional e diminuição do número de funções gratificadas. Além disso, a subsidiária realiza a revisão dos contratos e das atividades terceirizadas; mudança nas políticas de suprimento, com a integração da empresa ao Centro de Serviços Compartilhados Eletrobras, com a implantação em curso.

De acordo com a empresa, "essas iniciativas têm como objetivo reverter o prejuízo apresentado em 2016 e permitir que a empresa mantenha continuidade operacional, cumprindo o seu papel de contribuir para a segurança energética do Sistema Interligado Nacional". Essas informações foram transmitidas também aos acionistas e ao mercado em geral por meio de um comunicado da Eletrobras.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos