Faturamento do setor atacadista distribuidor cresce 9,9% em maio

Flávia Albuquerque - Repórter da Agência Brasil

O faturamento do setor atacadista distribuidor cresceu 9,9% em maio em relação a abril. Na comparação com o mesmo mês de 2016, houve alta 0,84%. No acumulado de janeiro a maio, o setor registrou queda de 5,27% ante o mesmo período de 2016. Em termos nominais, houve crescimento de 9,43% em maio em relação ao mês anterior e de 4,47% em relação maio de 2016. No acumulado do ano houve retração de 1,03%, segundo dados da pesquisa mensal da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores de Produtos Industrializados (ABAD).

Segundo a entidade, os resultados estão relacionados à redução da taxa básica de juros, à inflação controlada e ao desemprego estável, que ajudam a melhorar as expectativas do setor. "O faturamento foi influenciado positivamente pelo cenário favorável. A retomada econômica poderia estar encaminhada não fosse a persistente turbulência no campo político, que influencia diretamente a confiança de consumidores e empresários", diz a ABAD em nota.

Para o presidente da ABAD, Emerson Luiz Destro, depois de alguns meses com resultado negativo o setor começa a acreditar em retomada econômica a partir da melhora de alguns indicadores, principalmente o da inflação, da taxa de juros e do desemprego. "Infelizmente, contudo, a interferência do cenário político é grande na economia real. E as constantes reviravoltas inspiram cautela e dificultam as previsões. Senão fosse a instabilidade política, haveria grande expectativa em relação ao segundo semestre, que é tradicionalmente o melhor período do setor", disse.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos