Perueiros protestam em São Paulo contra falta de pagamento

Fernanda Cruz - Repórter da Agência Brasil

Um grupo de perueiros do transporte escolar que presta serviço à Prefeitura de São Paulo faz manifestação na manhã de hoje (11) contra falta de pagamento. Eles reclamam de atraso nos repasses referentes à abril e maio, que deveriam ter sido efetuados há 12 dias.

Jorge Formiga, diretor social da União Geral dos Transporte Escolar de São Paulo estima que 600 vans, vindas de todas as regiões da capital paulista, participam do protesto. O plano é reunir as vans na Praça Charles Miller, em frente ao Estádio do Pacaembu, e às 11h fazer uma assembleia para definir as estratégias do ato.

A Secretaria Municipal de Educação identificou alunos sendo transportados apesar de não estarem inscritos no sistema de atendimento. "As Secretarias de Transporte e Educação iniciaram, então, uma auditoria, o que atrasou o pagamento, que já foi regularizado. Nenhuma criança inscrita no sistema da prefeitura foi retirada do transporte escolar," diz a nota.

O representante dos perueiros, no entanto, garante que os profissionais receberam autorização para transportar todas as crianças.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos