Rio lança campanha para conscientizar folião e evitar abusos no carnaval

Alana Gandra - Repórter da Agência Brasil

Campanha de conscientização conjunta para o carnaval deste ano foi lançada hoje (30) pelos órgãos de segurança, mobilidade, saúde e direitos humanos do governo estadual e municipal do Rio de Janeiro, além de concessionárias de transportes. De acordo com informação da Secretaria de Estado de Segurança (Seseg), o objetivo é conscientizar o folião para que um carnaval seguro e que respeite os direitos humanos.

Com as hashtags #CarnavalSeguro e #FoliãoConsciente, vídeos informativos começaram a ser espalhados pelas ruas e mídias digitais a partir de hoje (30). Também o Facebook, Twitter e Instagram das instituições parceiras serão utilizados para difundir informações sobre temas como racismo, homofobia, abuso contra a mulher, cuidados com as crianças, entre outros. Segundo a Seseg, essa mídia será utilizada nas tevês dos trens do MetrôRio, estações da SuperVia e das barcas, além de plataformas e ônibus do BRT.

A ação envolve as secretarias estaduais de Segurança, Saúde, Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos, polícias Civil e Militar, Corpo de Bombeiros, secretarias municipais de Ordem Pública e de Saúde, Guarda Municipal, Riotur, além do MetrôRio, Barcas, BRT, VLT, SuperVia e Agência Reguladora de Transportes Públicos (Agetransp). A campanha conta com apoio da Polícia Federal e da Polícia Rodoviária Federal, que somarão recursos humanos e tecnológicos à rede de comunicação.

A Seseg adiantou que o planejamento geral para o carnaval 2018 será apresentado em breve, resultado de reuniões de alinhamento de todos os órgãos que têm ocorrido desde o início do ano.

Transportes

Os monitores dos 64 trens do MetrôRio vão exibir mensagens que incentivam o #CarnavalSeguro e as boas práticas para o #FoliãoConsciente, impactando 880 mil passageiros por dia. O MetrôRio vai funcionar por 24 horas durante o carnaval, das 5h do dia 9 de fevereiro até as 23h59 do dia 13. O MetrôRio vai operar também de forma ininterrupta no Sábado das Campeãs (17), desde as 5h do sábado até as 23h do domingo (18).

As estações Central do Brasil e Deodoro da SuperVia vão também veicular as mensagens da campanha. A concessionária compartilhará o conteúdo em seus perfis nas redes sociais que contam com mais de 150 mil seguidores. A campanha também atinge as estações e ônibus do BRT, além das barcas.

Assédio

A Secretaria de Estado de Direitos Humanos e Políticas para Mulheres e Idosos lançou a campanha "Carnaval é curtição, respeita o meu não", contra o assédio sexual durante os festejos carnavalescos. Ela começou a ser veiculada por meio de parcerias com as concessionárias do BRT, MetrôRio e SuperVia e nas redes sociais, "sem nenhum custo para o governo do estado", disse o titular da secretaria, Átila Alexandre Nunes.

O secretário disse à Agência Brasil que o carnaval, infelizmente, é um período quando ocorrem abusos principalmente contra mulheres, e que nem sempre são notificados. "Na verdade, existem muito mais casos de pessoas que perdem o limite e acabam praticando assédio sexual, em relação, principalmente, às mulheres".

Observou que qualquer vítima de abuso pode denunciar pelos serviços Disque Denúncia, no número 2253 1177, e pelo Disque Cidadania LGBT no telefone 0800 0234 567, respectivamente.

Os serviços funcionarão em regime de plantão durante todo o carnaval. Pode ser usado também o aplicativo Disque Denúncia RJ, para anexação de fotos e vídeos. A Central 190 atenderá denúncias 24 horas. "Serão atendidas quaisquer pessoas que passarem por situação de preconceito ou, em casos mais extremos, de violência, onde receberão orientações, podendo chegar inclusive, se houver necessidade, a acompanhar a vítima até a delegacia, em casos mais sérios", disse Nunes.

A secretaria realizará campanha de conscientização nas redes sociais contra a LGBTfobia no carnaval. Com o tema "Amor Livre #CarnavalSemPreconceitos", o programa Rio Sem Homofobia levará a mensagem de que todos têm direito de manifestar o seu amor na festa, sem espaço para preconceitos ou discriminações.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos