Caixa promove Feirão da Casa Própria em sete cidades até domingo

Letycia Bond - Repórter da Agência Brasil

As pessoas interessadas em adquirir imóveis com melhores condições de financiamento terão mais uma oportunidade de compra a partir de hoje (25), com o Feirão da Casa Própria da Caixa. No total, estão sendo ofertados 58 mil terrenos, casas, apartamentos novos e usados. O feirão ocorre até domingo (27) nas cidades de Brasília, Belém, Campinas, em São Paulo, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza e Recife.

Durante o feirão, o público, além de ser assessorado por equipes do banco quanto à aplicação de valores do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) na quitação de parcelas, poderá simular o valor das prestações. Segundo Tatiana Gobbi, superintendente da Caixa responsável pelo setor norte de Brasília, a edição da capital federal está oferecendo 8 mil imóveis, com propostas para todos os bolsos. Do total, 7 mil são imóveis novos.

As chances de fechar negócio, segundo ela, também aumentam porque o catálogo do feirão, que, em uma passagem por outras oito cidades, recebeu mais de 135 mil pessoas em dois finais de semana, coloca à disposição dos interessados propriedades com preços reduzidos. No caso de imóveis vendidos através de leilões, distribuídos ao longo dos três dias do evento, o desconto chega a 90% do valor de mercado.

A lógica do leilão é simples: leva o imóvel quem der o maior lance, respeitando a quantia mínima estipulada para a venda. Qualquer pessoa (física ou jurídica) domiciliada ou estabelecida no Brasil e com, no mínimo, 18 anos de idade pode participar.

O feirão também é uma boa ocasião para famílias de baixa renda conseguirem realizar o sonho da casa própria, já que, entre os imóveis oferecidos, estarão alguns pertencentes ao Programa Minha Casa, Minha Vida, que atende a pessoas com ganhos familiares mensais de até R$ 1.800. "Outra opção, para quem quer trabalhar com uma linha de tempo maior, são as ofertas de consórcio imobiliário", acrescentou a superintendente.

Nos estandes do evento, equipes da Caixa fazem análise de risco de quem estiver interessado em obter crédito para utilizar no pagamento do imóvel desejado. O crédito é concedido com base em informações como renda, adimplência e capacidade de manter as contas em dia. O prazo máximo para parcelamento de imóveis é de 35 anos, com condições de juros que variam conforme a linha de financiamento indicada para cada cliente.

Tatiana Gobbi informou, ainda, que as construtoras e as imobiliárias também estão instruindo os visitantes sobre impostos que incidem sobre documentos emitidos em transferências de titularidade de imóveis e registros protocolados em cartórios. "E aqueles que já são donos de imoveis podem vir para conhecer serviços de proteção contra danos físicos, como seguro-incêndio", destacou.

A Caixa orienta que, para que possa aproveitar todos os serviços do evento, o público compareça levando originais e cópias de um documento de identificação (RG, CNH ou carteira de trabalho), do CPF (Cadastro de Pessoas Físicas) e de comprovantes de renda e de residência atualizados.

Em caso de dúvida, os interessados em adquirir os imóveis também poderão entrar contato por outros canais de atendimento do banco, como o telefone 0800 726 0101, disponível 24 horas por dia, inclusive nos fins de semana. Já o cálculo do valor das prestações, além da simulação presencial, feita com o auxílio dos atendentes do feirão, pode ser efetuado pela internet, pelo Simulador Habitacional.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos