EUA questionam conduta do Conselho de Segurança da ONU sobre Hamas

A representante dos Estados Unidos na Organização das Nações Unidas, Nikki Haley, acusou hoje (30) o Hamas de lançar 70 foguetes contra Israel nesta terça-feira (29). "Quem de nós aceitaria 70 foguetes lançados contra seu próprio país? Todos nós sabemos a resposta pra isso. Ninguém", A denúncia foi apresentada em reunião convocada pelo seu país no Conselho de Segurança da ONU.

A embaixadora Nikki Haley não conseguiu aprovar condenação do Hamas por ataques a Israel (Andrew Gombert/EPA/Agência Lusa)
Durante seu discurso, Nikki Haley questionou os outros membros do Conselho de Segurança por não se juntarem à condenação e disse que grupos terroristas como Hamas geralmente são condenados pela organização, mas quando o ataque é contra Israel, o padrão de conduta é "diferente".

A reunião emergencial do Conselho foi convocada pelos Estados Unidos para falar sobre o que chamou de "atividades perigosas e destrutivas da organização terrorista Hamas na Faixa de Gaza". Nikki Haley disse que os Estados Unidos haviam elaborado um parecer condenando o grupo, mas ele foi bloqueado.

Segundo a representante norte-americana, o ataque do Hamas não resultou em mortes, mas deixou muitos feridos. Ainda segundo ela, um dos foguetes atingiu a área de lazer de um jardim de infância. "O povo de Gaza não precisa de proteção de ataques de fora. O povo de Gaza precisa de proteção contra o Hamas", disse ela.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos