Topo

Começa depoimento na CPI da Petrobras do primeiro delator da Lava Jato

2015-08-13T15:26:00

13/08/2015 15h26

Brasília - A CPI da Petrobras começou a ouvir nesta tarde o depoimento do operador de câmbio da doleira Nelma Kodama, Luccas Pace Júnior. O investigado da Operação Lava Jato foi o primeiro a assinar acordo de delação premiada, em setembro do ano passado.

O depoimento anterior foi de Maria Lúcia Ramires Cardena, ex-secretária do doleiro Raul Srour, um dos investigados no esquema de corrupção. Ela disse aos deputados que era uma mera "secretária de agenda e telefone" de Srour e que foi usada como "laranja" do doleiro.

O primeiro depoimento do dia foi do diretor de Fiscalização do Banco Central, Anthero de Moraes Meirelles. Ele rebateu as declarações da doleira Nelma Kodama de que o sistema de fiscalização do mercado financeiro é "avacalhado" e disse que relatórios de inteligência financeira foram fundamentais para as apurações da Lava Jato. Segundo o diretor, só no ano passado, o BC recebeu 830 mil comunicações de movimentações atípicas (acima de R$ 100 mil).

Mais Notícias