União e Estados dão 15 dias para que Samarco deposite R$ 2 bilhões

Em Belo Horizonte

  • Fabio Braga/Folhapress

    Lama sai da foz do rio Doce, no Espirito Santo, e se espalha pela costa do município de Linhares (ES) em novembro de 2015

    Lama sai da foz do rio Doce, no Espirito Santo, e se espalha pela costa do município de Linhares (ES) em novembro de 2015

A AGU (Advocacia Geral da União) e os governos de Minas Gerais e do Espírito Santo fecharam nesta terça-feira (19) acordo com a Samarco para que a empresa tenha mais 15 dias para depositar os R$ 2 bilhões de uma ação judicial de R$ 20 bilhões que a União e os dois Estados movem contra a mineradora e suas duas controladoras, Vale e BHP Billiton.

Conforme decisão da 12ª Vara da Justiça Federal em Belo Horizonte, dentro da ação, os R$ 2 bilhões deveriam ser depositados nesta quarta-feira, 20. O valor será utilizado para implementação de plano inicial de recuperação ambiental.

A informação sobre a alteração na data é do advogado-geral da União, Luis Inácio Adams, que se reuniu nesta terça na capital mineira com representantes dos governos e das empresas.

Conforme Adams, a opção por mais prazo foi para decidir o que exatamente será feito com os recursos. Conforme Adams, o acordo será enviado à Justiça ainda nesta terça.

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos