Irmã de ex-amante de FHC é funcionária irregular de Serra

Em São Paulo

  • Joel Silva/Folhapress

    Irmã de ex-amante de FHC trabalha no gabinete de Serra sem registrar presença

    Irmã de ex-amante de FHC trabalha no gabinete de Serra sem registrar presença

A irmã da jornalista Mirian Dutra Schmidt, Margrit Dutra Schmidt, trabalha de forma irregular no gabinete do senador José Serra (PSDB-SP). Pelas regras do Senado, ela teria de cumprir o horário de nove horas diárias na Casa.

Contudo, o próprio gabinete do tucano confirmou que ela não registrava presença no local. "Ela trabalha para o senador como consultora. Ele solicita trabalhos e ela produz", disse o chefe de gabinete de Serra, Marcos Köhler.

Mirian, que foi amante do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso nos anos 1980 e 1990, virou notícia esta semana após dizer, em entrevista ao jornal "Folha de S.Paulo", que recebia dinheiro do tucano no exterior por meio de um contrato fictício.

Sua irmã Margrit ocupa o cargo em comissão de assistente parlamentar júnior, com remuneração básica de R$ 9.456,13 e salário líquido de R$ 7.353,14 em dezembro de 2015, segundo consta no portal de transparência do Senado.

Köhler, porém, não explicou por que não foi formalizada a dispensa de ponto de Margrit, procedimento estabelecido no Senado em 2009. Serra não se manifestou até a conclusão desta edição. As informações são do jornal "O Estado de S. Paulo".

Boechat: FHC tem que provar se está acima de qualquer suspeita

  •  

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos