Operação Lava Jato

"Menos ódio, mais arte", diz grafite no Instituto Lula

  • Cris Faga/Foz Press Photo/Estadão Conteúdo

    O grafiteiro Tody One desenhou sobre as mensagens agressivas contra Lula

    O grafiteiro Tody One desenhou sobre as mensagens agressivas contra Lula

O Instituto Lula divulgou neste sábado (5), em seu Facebook, que o grafiteiro Tody One produziu um desenho na porta da garagem da entidade, que havia sido pichada na madrugada. O local amanheceu com mensagens agressivas contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva: "Luladrão", "basta de corrupção" e "sua hora chegou corrupto".

Sob o título 'Menos ódio, mais arte', o Instituto reproduziu em seis fotos o passo a passo do grafite de Tody One no portão do Instituto Lula, que começou a ser feito no final da manhã e cobriu a pichação. Na nova imagem, destacam-se os dizeres 'Luta de "Povo"', 'Força Luta Negro Luta', 'Xenofobia não passará. Somos Nordeste. Somos fortes… Somos Luta!'.

A pichação ocorreu após a condução coercitiva - quando o investigado é levado para depor e liberado - na sexta-feira (4), durante a Operação Aletheia, ápice da Lava Jato. O Instituto Lula foi um dos locais vasculhados pela PF. Os investigadores sustentam que a entidade teria recebido repasses de empreiteiras que formaram cartel no esquema de corrupção na Petrobras 'a título de supostas doações e palestras'. Lula falou por mais de três horas em uma sala da Polícia Federal no Aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

Em seu instagram, Tody One compartilhou duas fotos do grafite. Segundo o Instituto Lula, o desenho cobriu também 'a marca deixada pela explosão de uma bomba em frente ao portão' da entidade no ano passado.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos