CCJ da Câmara marca para quarta-feira sessão para apreciar recurso de Cunha

Brasília - A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara marcou para a próxima quarta-feira, 6, a sessão para apreciação do recurso do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) contra o processo de cassação aprovado no Conselho de Ética. A expectativa é que a votação do recurso na CCJ ocorra na semana de 11 de julho e a votação em plenário só na semana seguinte.

Ontem, o relator Ronaldo Fonseca (PROS-DF) pediu mais prazo para entregar seu parecer. Fonseca se comprometeu em analisar o processo e apresentar seu relatório entre segunda, 4, e terça-feira, 5.

Oficialmente, o prazo para apreciação do recurso do peemedebista se encerraria nesta sexta-feira, 1º, mas o relator alegou que seria impossível analisar as 65 páginas do pedido, mais de 5 mil páginas do processo disciplinar e os 16 itens questionados por Cunha em um curto período.

Nesta quarta-feira, a bancada do PSB divulgou uma nota pedindo pressa na análise do recurso de Cunha e criticando o descumprimento do prazo regimental de cinco dias úteis para apreciação do parecer de Fonseca. O partido pediu que a CCJ realize sessão na segunda-feira, 4, para deliberar a matéria.

"Considerando a proximidade dos Jogos Olímpicos e das eleições municipais, eventos que podem contribuir com o retardo do processo (de Cunha), seguimos atentos a eventuais manobras e interferências no sentido de evitar o cumprimento dos prazos para que a questão seja devidamente apreciada", afirmou a bancada do PSB.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos