Temer libera mais nomeações de indicados pelo Centrão

Brasília - O presidente em exercício Michel Temer nomeou novamente nesta quinta-feira, 28, para cargos no governo federal indicados de deputados do Centrão - grupo de 13 partidos liderado por PP, PR, PTB, PSD e Solidariedade (SD). Foi a segunda leva de nomeações para o segundo e terceiro escalões feita pelo Palácio do Planalto, só nesta semana, como um aceno para acalmar parlamentares do grupo.

O Centrão é a principal base de sustentação de Temer na Câmara e vinha reclamando do atraso nas nomeações. Nesta quinta-feira, o Diário Oficial da União (DOU) traz a nomeação de Ricardo Peres Demicheli para exercer, internamente, o cargo de diretor executivo da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater). O dirigente é ligado ao deputado Zé Silva (SD-MG).

O DOU também traz a nomeação de Juarez Delfino da Silveira para diretor de Gestão Estratégia do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra). Silveira é ligado ao deputado Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força (SP), presidente do Solidariedade.

O partido comandado por Paulinho controla tanto a Anater quanto o Incra. Os dois órgãos são ligados à Secretaria da Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, cujo secretário, José Ricardo Ramos Roseno, também é indicado pela legenda. Na última terça-feira, 26, Temer já tinha nomeado outra pessoa ligada ao Solidariedade.

Joaquim Medanha de Ataídes foi nomeado para comandar a Superintendência de Seguros Privados (Susep), autarquia federal vinculada ao Ministério da Fazenda. A nomeação foi possível após acordo entre o partido e o líder do PTB na Câmara, Jovair Arantes (GO), que detinha o comando da autarquia até então. Ataídes era presidente do Sindicato dos Corretores de Seguros de Goiás (Sincor-GO), mesmo Estado de Arantes.

Na terça-feira, Temer também tinha nomeado dois diretores apadrinhados pela bancada do PMDB para Companhia Nacional de Abastecimento (Conab): Cleide Edvirges Santos, indicada por Mauro Lopes (MG), e Marcus Luis Hartmann, indicação do deputado Peninha Mendonça (SC).

Novas nomeações

A expectativa de líderes do Centrão é de que novas nomeações sejam publicadas no DOU nos próximos dias. Temer decidiu liberar as indicações, para evitar possíveis rebeliões no grupo, que estava insatisfeito com a derrota para a antiga oposição (PSDB, DEM, PPS e PSB) na eleição para presidência da Câmara.

No caso do Solidariedade, Temer também precisa do apoio do partido para aprovar as reformas trabalhista e da Previdência Social. O presidente da legenda também é presidente da Força Sindical, uma das maiores centrais sindicais do País.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos