Senador Otto Alencar (PSD-BA) revela voto favorável a Dilma

Brasília - O senador Otto Alencar (PSD-BA) afirmou nesta segunda-feira, 29, que votará contra o impeachment da presidente afastada Dilma Rousseff. Ex-ministro da petista, ele já havia dado sinalizações de apoio a ela, mas sem declarar qual posição tomaria no julgamento final.

Alencar é o 20º senador a tornar público o apoio a Dilma, conforme o Placar do Impeachment do Grupo Estado. Para que o impeachment seja aprovado, são necessários 54 dos 81 votos dos congressistas. Por ora, 53 já divulgaram que sua tendência é concordar com o afastamento.

O senador alegou que sua definição não se deu pelo discurso apresentado pela presidente em plenário nesta segunda. "Li todos os autos. Não há crime", justificou. O senador disse que, caso Dilma seja cassada, o principal motivo não serão as fraudes fiscais das quais é acusada: "Será pelos erros políticos que cometeu".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos