Menino morre após suposto acidente na escola; família acredita em bullying

Belém - A polícia de Belém, no Pará, investiga a morte de um estudante de 12 anos, que segundo a família teria sido agredido na tarde de terça-feira, 30, dentro da escola por colegas. Os parentes do menino afirmam que ele sofria bullying na Escola Estadual Santo Afonso, e teriam comunicado à direção da escola as agressões que o garoto vinha denunciando sem que nenhuma providência fosse tomada.

A diretoria alega que o garoto foi vítima de um "acidente" durante o recreio, mas não explicou o que de fato ocorreu. A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) informou que as duas versões estão sendo apuradas.

A criança apresentava ferimentos graves e morreu após sofrer cinco paradas cardíacas, durante a madrugada. Segundo a professora Regina Monteiro, o menino caiu numa área da escola durante o recreio e "bateu a costela".

Regina disse que servidores da escola colocaram bolsa de gelo no local atingido pela queda e que o menino saiu andando da escola, levado por um tio e pela avó.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos