RJ já tem 10 presos por crime eleitoral, segundo TRE


Rio de Janeiro (RJ)

  • Marco Antonio Teixeira/ UOL

    Boca de urna na favela da Rocinha

    Boca de urna na favela da Rocinha

Dez pessoas foram presas acusadas de crime eleitoral na manhã deste domingo (2), no Estado do Rio de Janeiro. As infrações incluem propaganda eleitoral irregular, boca de urna e tentativa de compra de voto, informou a diretora-geral do (TRE-RJ) Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro, Adriana Brandão.

No fim da manhã, o TRE-RJ divulgou um balanço parcial da repressão a crimes eleitorais no Estado. Ao todo, foram registradas 38 ocorrências. As prisões ocorreram em Guapimirim (uma), Vassouras (quatro), Campos dos Goytacazes (uma), Paraíba do Sul (três) e Laje do Muriaé (uma).

O tribunal informou ainda que houve substituição de 117 urnas eletrônicas em todo o Estado, sendo 30 delas na capital.

"Na verdade está bem abaixo do que aconteceu em 2014. No primeiro turno, nesse primeiro relatório, nesse mesmo horário, nós tivemos 218 substituições (de urnas). Agora são 117. Foi bem abaixo", lembrou Adriana.

Na Rocinha, boca de urna é lei

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos