PF cumpriu ordem judicial para dar continuidade às operações, diz ministro

Brasília - O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, disse após cerimônia em comemoração ao Dia do Aviador, na Base Aérea de Brasília, na qual o presidente Michel Temer estava presente, que a Policia Federal "simplesmente cumpriu ordem judicial " ao executar as buscas e apreensões no Senado Federal, além das prisões dos policiais que atuam na Casa legislativa. Moraes declarou que, em breve, iria receber relatório da PF sobre a operação e aí poderá ter uma "opinião mais abalizada" sobre o caso.

Ele explicou, no entanto, que não teve ainda "contato com o relatório" da PF e nem saberia ainda falar sobre o "objeto específico da operação", destacando que logo mais terá uma reunião para "se inteirar melhor".

Segundo Moraes, o diretor geral da PF, Leandro Daiello, lhe telefonou "no inicio da manhã informando que haveria uma operação" sem detalhar se ele falou que tipo de operação seria realizada e onde ela seria feita.

O ministro da Justiça não quis responder às queixas de parlamentares de que haveria interferência de um poder sobre outro com esta operação. "Só repito, o que a PF fez foi cumprir ordem judicial de sequência de uma operação", disse, acrescentando que vai aguardar relatório da PF sobre a operação.

Moraes declarou ainda que além de se reunir com Daiello, terá ainda outra reunião com todos os superintendentes da PF, a partir das 14 horas desta sexta-feira, no Ministério da Justiça, em compromisso previamente agendado, quando será inaugurado o inquérito eletrônico da PF.

Na conversa com Daiello, de acordo com o ministro, ele vai receber relatório do que aconteceu e só então poderá falar. Moraes repetiu 3 vezes que esta é uma operação com ordem judicial e que a PF só cumpria uma determinação e que não teve contato com o relatório e o objeto específico da operação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos