Para líder do PSDB no Senado, afastamento de Renan não atrapalha PEC do Teto

Brasília - O líder do PSDB, senador Paulo Bauer (SC), considerou na tarde desta segunda-feira que o afastamento do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não atrapalha a conclusão da votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que estabelece limite de gastos públicos.

"O afastamento de Renan não atrapalha. Não acredito que haverá adiamento porque o calendário já está definido e contou com o apoio do líder do PT", ressaltou Bauer ao deixar reunião com demais líderes da base e o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto.

Renan era também era esperado para o encontro, em que foi tratado projeto da reforma da Previdência, mas não compareceu.

A PEC do Teto foi votada em primeiro turno no plenário do Senado na última terça-feira, 29. A última etapa, o segundo turno, está prevista para ocorrer na próxima terça-feira, 13.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos