Governo de SP estipula meta de superávit primário em R$ 194 milhões para 2017

São Paulo - O governo de São Paulo promulgou nesta sexta-feira, 30, as metas e projeções fiscais para 2017. As informações constam no Diário Oficial do Estado, que trouxe a sanção da lei orçamentária do ano que vem aprovada pela Assembleia Legislativa. O Estado espera arrecadar R$ 206,4 bilhões em 2017.

Dentro das metas, o Estado espera ter um resultado primário superavitário em R$ 194 milhões, desconsiderando as receitas correntes intraorçamentárias, aquelas de órgãos, autarquias e fundações.

O governo projeta um crescimento real de 1,30% no Produto Interno Bruto (PIB) do Estado. O Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deve terminar o ano que vem em 5,14%, acima do centro da meta, que é de 4,5%, projeta o governo. O dólar deve ser cotado a R$ 3,45 no último dia do ano, prevê a administração estadual. Já projeção para a taxa básica de juros (Selic) é de 11,25% ao ano no fim de 2017.

Em entrevista ao Broadcast nesta quinta-feira, 29, o secretário da Fazenda do Estado, Helcio Tokeshi, apontou que o primário de 2016 será positivo em R$ 1,5 bilhão. Em 2015, alcançou R$ 5,062 bilhões. Para 2017, ele falou que a meta era de superávit do Orçamento de São Paulo de R$ 217 milhões. Essa estimativa de execução considera que o Produto Interno Bruto (PIB) do País terá uma resultado de 0% no próximo ano.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos