Prefeito Eduardo Paes desiste de aumentar tarifas de ônibus no Rio

Rio - O prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), desistiu de publicar o aumento nas passagens de ônibus municipais na cidade. A tarifa permanecerá em R$ 3,80 até que o prefeito eleito Marcelo Crivella (PRB) decida sobre o reajuste.

A Secretaria Municipal de Transportes divulgou nota explicando que a decisão foi tomada após declarações do vice-prefeito eleito e futuro secretário de Transportes, Fernando Mac Dowell, que é engenheiro e especialista em transportes, manifestando-se contra o reajuste anual da tarifa das passagens de ônibus na cidade.

"Tendo em vista as manifestações do vice-prefeito eleito e futuro secretário de Transportes, Fernando Mac Dowell, contra o reajuste anual da tarifa das passagens de ônibus da cidade do Rio de Janeiro, uma obrigação estabelecida no contrato de concessão, a Secretaria Municipal de Transportes decidiu não publicar a resolução de mudança do valor", diz a nota da secretaria.

De acordo com a fórmula usada para o cálculo do reajuste, a tarifa do Bilhete Único Carioca aumentaria para R$ 3,95 a partir do primeiro dia útil de 2017, em 2 de janeiro. A elevação seria de 3,9%, "valor bem abaixo da inflação de 6,58% acumulada nos últimos 12 meses", segundo a secretaria. O cálculo leva em consideração o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo - Especial (IPCA-E), divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

"Apesar de defender o cumprimento do contrato, o prefeito Eduardo Paes entende que no momento é necessário respeitar a decisão do prefeito eleito Marcelo Crivella e sua equipe", concluiu a nota.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos