Jucá minimiza baixa aprovação do governo Temer mostrada em pesquisa

Em Brasília

  • Dida Sampaio/Estadão Conteúdo

    Senador Romero Jucá (e) disse que pesquisa que valerá para Michel Temer será a do final do mandato

    Senador Romero Jucá (e) disse que pesquisa que valerá para Michel Temer será a do final do mandato

O líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), minimizou a pesquisa divulgada nesta quarta-feira (15) pela Confederação Nacional do Transporte (CNT), que apresentou queda na aprovação do presidente Michel Temer. Jucá considera que o resultado "é retrato do momento". Para ele, a pesquisa que "vale" para Temer é a que será feita ao final do mandato, em 2018.

Jucá voltou a afirma que Temer não é candidato à reeleição. "A pesquisa que importa do presidente é a pesquisa do final do mandato, depois de ele ter concluído o papel histórico de fazer a travessia e ter reestruturado o País", disse Jucá. Segundo ele, Temer é um "estadista", que toma "medidas duras" e "responsáveis", pensando no futuro do País.

"Se ele fosse irresponsável, se não fosse estadista, pegaria dois anos do governo PMDB, nós iríamos gastar como gastou o governo do PT, aumentaríamos a dívida pública e deixaríamos tudo para o próximo presidente eleito resolver (...) Estamos fazendo o inverso", afirmou. Jucá disse "ter certeza" que "o País saberá reconhecer o gesto do presidente Temer em 2018".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos