Deputados do PSB vão pedir "revisão" do fechamento de questão contra reformas

Igor Gadelha

Brasília

  • Pedro Ladeira/Folhapress

Composta por 35 deputados, a bancada do PSB na Câmara se reunirá na tarde desta terça-feira (25) para discutir a decisão da executiva nacional do partido de fechar questão contra as reformas da Previdência e trabalhista, obrigando os parlamentares da sigla a votarem contra as propostas, sob risco de expulsão. No encontro, alguns deputados prometem pedir "revisão" do posicionamento da legenda.

"Vamos pedir a revisão da posição. A bancada é contra o fechamento de questão", afirmou ao Broadcast Político o deputado federal Danilo Forte (PSB-CE). O parlamentar cearense é da ala do partido ligada ao ministro de Minas e Energia, deputado licenciado Fernando Bezerra Filho (PE), que é favorável à manutenção da aliança da sigla com o governo Michael Temer.

Deputados contrários ao fechamento de questão criticam a "imposição" da executiva nacional em relação ao posicionamento dos parlamentares. O fechamento de questão dominou o assunto de jantar de alguns deputados do PSB na noite desta segunda-feira em Brasília, do qual também participou o prefeito de Campinas (SP), Jonas Donizette, que é da legenda.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos