'Estou tranquilo. Não estou preocupado com a data', diz Lula sobre depoimento

Julia Lindner e Vera Rosa

Brasília

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva declarou nesta segunda-feira, 24, que está "tranquilo" em relação ao seu depoimento ao juiz federal Sérgio Moro, marcado para o dia 3 de maio, em Curitiba. Durante seminário promovido pelo PT, em Brasília, nesta segunda-feira, Lula reforçou que Moro foi o responsável por marcar a data da oitiva, e não ele.

"Eu não marquei dia 3. Na hora em que for marcado meu depoimento, estarei me Curitiba ou onde quer que seja." Lula disse que, dentre todos, "quem deseja a verdade é o companheiro Lula" e que tem o "direito de falar" em sua defesa. "Faz três anos que estou ouvindo", disse sobre as denúncias contra ele. "Então estou muito tranquilo, não estou preocupado com a data, a data é do juiz Moro", ressaltou.

Lula participa do seminário "Estratégias para a Economia Brasileira - Desenvolvimento, Soberania e Inclusão", promovido pelo PT, no Centro Internacional de Convenções no Brasil (CICB), em Brasília. A mesa redonda com a participação do ex-presidente também conta com os líderes da sigla na Câmara, Carlos Zarattini (SP), e no Senado, Gleisi Hoffmann (PR), além dos governadores do Acre, Tião Viana, e do Piauí, Wellington Dias. Antes do debate, Lula se reuniu por cerca de meia hora com deputados e senadores petistas em uma sala reservada. Logo após o evento, a assessoria de imprensa do ex-presidente informou que ele deve voltar para São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos