Busca da PF no TSE é restrita à sala do procurador Ângelo Goulart

Breno Pires

Brasília

A Operação da Polícia Federal deflagrada na manhã desta quinta-feira, 18, também faz buscas na sede do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília. A ação foca exclusivamente o procurador Ângelo Goulart, alvo de mandado de prisão na operação originada da delação premiada da JBS.

Goulart atua no TSE com o vice-procurador-geral Eleitoral Nicolao Dino, que está acompanhando as medidas da PF. A busca e apreensão é restrita à sala do procurador, que fica na área da Procuradoria-Geral Eleitoral, no quinto andar do prédio. A PF deve levar computadores e mídias.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos