Organizadores de protesto podem ser responsabilizados por prejuízos, diz AGU

Carla Araujo

Brasília

Após a ministra da Advocacia-Geral da União (AGU), Grace Mendonça, se encontrar com o presidente Michel Temer, o órgão emitiu nota informando que pediu urgência no retorno dos ministérios para que seja informado o balanço dos danos ocorridos por conta das manifestações de ontem em Brasília.

"A Advocacia-Geral da União (AGU) informa que solicitou com urgência aos ministérios um levantamento sobre os prejuízos causados durante as manifestações desta quarta-feira (24), em Brasília. O objetivo é obter subsídios para o ajuizamento de uma ação que buscará a reparação pelos danos ao patrimônio público", diz o texto.

Conforme mostrou mais cedo o Broadcast Político, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado, somente depois que tiver todo o levantamento das pastas é que a AGU irá ajuizar ação que vai cobrar o ressarcimento aos cofres públicos contra os organizadores, ou seja, as centrais sindicais. "O objetivo é obter subsídios para o ajuizamento de uma ação que buscará a reparação pelos danos ao patrimônio público. Poderão ser responsabilizados os organizadores e demais agentes identificados pela polícia", explica a nota. "O processo será aberto com a conclusão do envio de informações por parte dos órgãos que tiveram suas instalações danificadas."

Confira a íntegra da nota:

"A Advocacia-Geral da União (AGU) informa que solicitou com urgência aos ministérios um levantamento sobre os prejuízos causados durante as manifestações desta quarta-feira (24), em Brasília. O objetivo é obter subsídios para o ajuizamento de uma ação que buscará a reparação pelos danos ao patrimônio público. Poderão ser responsabilizados os organizadores e demais agentes identificados pela polícia. O processo será aberto com a conclusão do envio de informações por parte dos órgãos que tiveram suas instalações danificadas.

Ascom/AGU"

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos