Herman se confunde e chama Gilmar Mendes de Michel Temer durante sessão no TSE

Breno Pires e Leonencio Nossa

Brasília

O ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) Herman Benjamin, relator da ação contra a chapa presidencial encabeçada por Dilma Rousseff, se confundiu e chamou o presidente da Casa, Gilmar Mendes, de Michel Temer. "Agradeço ao presidente Michel Temer", disse Herman, no início de uma frase em que fazia referência a Mendes.

O erro causou risos dos demais ministros. Herman, em seguida, se corrigiu. "O outro (Temer) é presidente também, mas é réu aqui", disse.

O ministro relator fez a confusão ao agradecer a contribuição dos funcionários do tribunal ao seu trabalho à frente da relatoria do caso.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos