Aplicativo captura as histórias do Rio antigo

Marcio Dolzan

Rio

Baixar a cabeça para ficar de olho na tela do celular, enquanto se perde tudo o que acontece em torno da região do Porto Maravilha, poderá ter uma nova perspectiva a partir desta sexta-feira, 23: a histórica. Batizado de Museu do Ontem, um aplicativo que utiliza tecnologia de geolocalização permitirá às pessoas conhecerem histórias escondidas na região portuária, que vão desde a chegada da família real ao Brasil até fatos recentes.

Desenvolvido pela Agência Pública, o aplicativo traz dois jogos distintos - um para quem está na zona portuária do Rio e outro, mais limitado, para quem não está no local. "O aplicativo é uma mistura de jornalismo, tecnologia, arte e Pokémon Go", explica Natalia Viana, codiretora da agência. A referência ao game para celulares que fez sucesso no ano passado e levou pessoas do mundo inteiro a caminhar de um lado para outro é bastante simples. "No nosso Pokémon Go, a pessoa vai lá, captura histórias e guarda."

No Museu do Ontem, que estará disponível a partir do meio-dia em App Store e Google Play, o usuário poderá simplesmente colecionar os pontos ou encarar um dos cinco tours temáticos: o da Corrupção, o do Terror, o do Samba, o dos Fantasmas que assombram o Centro e aquele que trata de momentos-chave da história do País. O tempo de exploração de cada um deles varia, podendo chegar a mais de três horas.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos