Temer chama empresários russos de 'soviéticos'

Carla Araújo e Fabricio de Castro

Brasília

Durante cerimônia nesta segunda-feira, 26, no Palácio do Planalto, o presidente da República, Michel Temer, cometeu mais uma gafe ao dizer que, na semana passada, conversou com empresários "soviéticos". "Eu estive agora recentemente em Moscou, na Rússia, e depois na Noruega, e verifiquei interesse extraordinário dos empreendimentos soviéticos (...) podemos verificar interesse extraordinário dos empresários soviéticos e dos noruegueses", afirmou.

A gafe repete o que constou na agenda oficial na semana passada, quando o Palácio do Planalto, ao publicar a agenda oficial do presidente em Moscou, informou que Temer partiria de "Brasília para a República Socialista Federativa Soviética da Rússia", denominação usada durante o regime comunista, entre 1917 e 1991, para designar a Rússia na União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS).

O nome oficial do país é Federação Russa. O erro de informação permaneceu no ar ao longo de 15 minutos e acabou sendo corrigido.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos