Temer muda agenda e anuncia reunião ministerial nesta noite no Planalto

Carla Araújo e Tânia Monteiro

Brasília

O presidente Michel Temer fará a partir das 20 horas uma reunião ministerial não esperada no Palácio do Planalto. A informação foi divulgada na noite desta quarta-feira, 5, pela assessoria de imprensa, que não informou ainda quais ministros comparecerão e qual será o tema. Ao contrário das reuniões ministeriais tradicionais realizadas no Planalto, esta não terá trechos transmitidos pela televisão.

Amanhã, Temer embarca à tarde para a Alemanha para a reunião do G-20 na Alemanha. Antes, pela manhã, a previsão é que participe de um evento para anúncio das mudanças no Fies, às 10h no Planalto.

A agenda desta quarta-feira foi atualizada e incluiu uma série de reuniões com parlamentares, além da audiência com seu advogado Antonio Claudio Mariz. Na agenda, há, inclusive, em um dos encontros uma agenda com Marcos "Santa Cruz" Oliveira, lutador de MMA.

De acordo com a agenda atualizada há pouco, Temer recebeu às 8h30 o deputado Rodrigo Maia, presidente da Câmara do Deputados; e Paulinho da Força (SD-SP) no Palácio do Jaburu. Depois, já no Planalto, teve reunião com Eliseu Padilha, ninistro-chefe da Casa Civil da Presidência da República, Antônio Imbassahy, ministro-Chefe da Secretaria de Governo da Presidência da República e o deputado Elizeu Dionizio (PSDB-MS).

Na sequência, um dos compromissos que já estava previsto ontem: reunião com Sarney Filho, ministro do Meio Ambiente. Depois, Temer recebeu João Augusto Nardes, ministro do Tribunal de Contas da União. Em outra reunião, foi a vez do ministro Marcos Pereira da Indústria, Comércio Exterior e Serviços.

Às 12h30, Temer recebeu o deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), que é líder do Governo na Câmara e, às 12h45, foi a vez de Torquato Jardim, ministro da Justiça e Segurança Pública. Às 13h, o presidente esteve com o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles. Pela agenda oficial o encontro com Mariz foi às 13h30 e teria acabado às 14h, mas segundo fontes a reunião foi mais longa e durou cerca de duas horas.

Na agenda ainda constam encontros com o deputado Jorge Tadeu Mudalen (DEM-SP), o deputado Luis Tibé, líder do PTdoB na Câmara; e com o ministro Gilberto Kassab (Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações). Depois, o presidente retomou a sequência de audiência com parlamentares e recebeu em audiência separada os deputados Roberto de Lucena (PV-SP), Silvio Torres (PSDB-SP) e Luana Costa (PSB-MA).

Às 18h, Temer recebeu o líder do governo no Senado, Romero Jucá, e depois o deputado José Carlos Aleluia (DEM-BA). Teve ainda audiência com a deputada Maria Helena (PSB-RR) e Marcos "Santa Cruz" Oliveira, lutador de MMA.

Temer voltou a se encontrar com Aguinaldo Ribeiro às 19h15 em uma reunião em que também estiveram presentes o deputado André Moura (PSC-SE), líder do governo no Congresso; deputado Baleia Rossi (PMDB-SP), líder do PMDB na Câmara; e o deputado Lelo Coimbra (PMDB-ES), líder da maioria na Câmara dos Deputados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos