Tempestade tropical Maria se forma no Atlântico e pode virar furacão

Miami

  • Carlos Giusti/AP

    Homens observam danos provocados pelo furacão Irma em ilha de Porto Rico

    Homens observam danos provocados pelo furacão Irma em ilha de Porto Rico

A tempestade tropical Maria se formou no oceano Atlântico e está prevista para se fortalecer e atingir algumas das ilhas que recentemente foram atingidas pelo furacão Irma.

A tempestade está com ventos máximos sustentados a 50 km/h e está localizada a cerca de 990 km das Pequenas Antilhas, podendo atingir as olhas de Antigua, Barbuda, São Cristóvão, Neves e Montserrat.

É esperado que Maria se torne um furacão quando se aproximar das Ilhas Leeward na segunda-feira (18).

Maria também pode afetar as Ilhas Virgens Britânicas e americanas, além de Porto Rico no meio da semana como um furacão importante e perigoso. Alertas podem ser emitidos no início de domingo.

Enquanto isso, o furacão José está se movendo lentamente longe da terra, mas gerando fortes ondas nas áreas costeiras das Bermudas, Bahamas e Porto Rico.

O Centro Nacional de Furacão dos Estados Unidos em Miami disse neste sábado que o alerta de tempestade tropical foi emitido para a Costa Leste dos Estados Unidos e moradores da Carolina do Norte foram aconselhados a monitorar o progresso de José.

O furacão teve ventos máximos sustentados a 130 km/h) e estava localizado a cerca de 780 quilômetros a sudeste de Cape Hatteras, na Carolina do Norte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos