Temer deixa Hospital Sírio-Libanês em SP

Marcelo Osakabe

São Paulo

O presidente da República, Michel Temer, deixou no início da tarde desta segunda-feira, 30, o hospital Sírio-Libanês, na capital paulista. Ao sair, Temer disse que "foi tudo bem", e que agora vai trabalhar em casa. A assessoria de imprensa do hospital avisou que o boletim de alta deve sair em instantes.

Do hospital, que fica próximo a região da Avenida Paulista, o presidente vai para sua casa, no bairro de Alto de Pinheiros. Por recomendação dos médicos, o peemedebista deve permanecer em repouso até quarta-feira, quando está previsto o retorno à Brasília.

Apesar da orientação, o presidente deve continuar presente na articulação política. Após conceder entrevista esta manhã à EBC, em Brasília, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que vem a São Paulo discutir com Temer possíveis mudanças no Orçamento de 2018.

Após passar mal na última quarta-feira, Temer foi submetido a uma cirurgia para desobstrução da uretra na sexta, coordenada pelos médicos Kalil Filho, Miguel Srougi e Felipe A. Barroso Braga. No domingo, 29, ele foi submetido a um procedimento de retirada da sonda vesical.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos