PM usa bomba para impedir tradicional passeio em rodovia, dizem ciclistas

Ana Paula Niederauer

São Paulo

  • Divulgação/Facebook/@VaDeBike/Henrique Espírito Santo

    10.dez.2017 - PM usa bomba para impedir tradicional passeio em rodovia de São Paulo

    10.dez.2017 - PM usa bomba para impedir tradicional passeio em rodovia de São Paulo

Ciclistas denunciaram em redes sociais que a Polícia Militar usou bombas de gás lacrimogênio para barrar a realização do passeio chamado de "Tradicional Descida a Santos", na manhã deste domingo, dia 10 de dezembro.

O evento, organizado via Facebook, foi proibido pelo juiz Celso Lourenço Morgado, da Comarca de São Bernardo do Campo. Na liminar, o juiz afirma que o documento "não discute o direito de ir e vir, nem a liberdade de reunião" (garantias constitucionais).

No Facebook, ciclistas afirmam que um grupo que passou pelo bloqueio, na altura do Km 40 da Rodovia Anchieta, sentido litoral, foi hostilizado pela força policial com balas de borracha e gás de pimenta. Há relatos que vários grupos estavam descendo a via pela contramão.

Ho Song afirma que a concentração para o passeio começou às 10h e por volta das 12h15 houve um tumulto, no início da Serra.

"O que era para ser um passeio prazeroso acabou virando essa palhaçada. Crianças, mulheres e muita gente de outras cidades e até de outros estados vieram. É um evento tradicional que acontece uma vez ao ano", explicou Song.

Em nota, a Ecovias (concessionária que administra a rodovia) disse que não é contrária aos eventos cicloativistas pela rodovia. A concessionária afirma que espera que a realização de eventos como este não comprometa a segurança dos usuários, estejam eles em veículos motorizados ou não.

No texto, a Ecovias diz que, para esclarecer as providências necessárias para autorização pelos órgãos competentes - Artesp, DER e Policiamento Rodoviário -, a empresa já se reuniu e dialogou com diversos grupos de cicloativistas. Não foi o caso da "Tradicional Descida a Santos 2017", cujos organizadores não fizeram qualquer consulta prévia à concessionária.

No final da noite deste domingo, a SSP (Secretaria da Segurança Pública) enviou a seguinte nota sobre o ocorrido:

"A Polícia Militar informa que neste domingo (10) cerca de 3 mil ciclistas interditaram as pistas sul e norte, na altura do km 40, da Rodovia Anchieta, em protesto à decisão judicial da 6ª Vara Cível de São Bernardo do Campo que os proíbe de descer a serra.

Em cumprimento a ordem judicial, e para garantir a segurança de motoristas e dos próprios ciclistas, a PM tentou negociar a liberação da via, porém, ciclistas começaram a tentar a passagem com o uso de força, sendo necessário o apoio de PMs da Força Tática dos batalhões da área e do Choque, que utilizou munição química e jatos de água.

Com a dispersão dos ciclistas, a manifestação se encerrou. Eles foram escoltados pela equipe da Rocam do Policiamento Rodoviário até a pista norte da Rodovia dos Imigrantes para retornarem em segurança pelo acostamento.

A rodovia foi liberada para trânsito por volta das 13h20. Não houve registro de feridos. Um soldado sofreu um corte na mão, após um dos manifestantes arremessar uma bicicleta nele. Um boletim de ocorrência de lesão corporal e desobediência foi registrado no 3º DP de São Bernardo."
 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos