Guarda Civil de SP prende quatro homens que vendiam drogas em blocos de carnaval

Fabio Leite

São Paulo

  • Edson Lopes Jr./UOL

    Avenida 23 de Maio no início da tarde desta terça-feira (13) de Carnaval

    Avenida 23 de Maio no início da tarde desta terça-feira (13) de Carnaval

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) de São Paulo prendeu quatro pessoas acusadas de vender drogas aos foliões que participavam dos megablocos de carnaval na Avenida 23 de Maio, zona sul da capital paulista.

Só nesta terça-feira (13), três homens foram detidos com 22 cigarros e 14 trouxinhas de maconha no Viaduto Santa Generosa, no bairro do Paraíso, ponto de concentração e partida dos blocos da 23 de Maio.

Na segunda-feira (12), a GCM já havia prendido na mesma região um outro rapaz com 23 trouxinhas e 15 cigarros de maconha, 22 comprimidos de ecstasy e R$ 258,00. Todos foram levados para o 27º Distrito Policial (Campo Belo), também na zona sul.

Nesta terça-feira. desfilam na 23 de Maio os blocos Invertidos, Que Casar Que Nada e Agrada Gregos. Na segunda-feira, o novo endereço do carnaval paulistano recebeu o bloco Pinga Ni Mim, que arrastou uma multidão de amantes do sertanejo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos