PUBLICIDADE
Topo

Meirelles: na hora adequada decidimos quem vai ser candidato

Cristian Favaro

São Paulo, 22

22/02/2018 22h54

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse que acha "absolutamente normal" as possíveis candidaturas à Presidência dele, do presidente Michel Temer e do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Durante entrevista à Rádio Gaúcha (RS), na noite desta quinta-feira, 22, Meirelles voltou a sinalizar a intenção de se candidatar, reforçando que tomará uma decisão final no dia 7 de abril - prazo final para ele se retirar do cargo de ministro da Fazenda se quiser disputar o pleito.

Questionado se sua candidatura representaria algum conflito com as de Temer e Maia, Meirelles negou. "É absolutamente normal. É um direito legítimo o presidente se candidatar à reeleição. Ele está fazendo um ótimo trabalho. Mesma coisa o presidente da Câmara", disse. "Vamos cada um fazer o seu trabalho e bem na hora adequada decidimos quem de fato vai deixar de ser pré-candidato ou não", defendeu Meirelles.

O ministro disse que já conversou diversas vezes com Temer e com seu partido, o PSD, sobre sua possível candidatura. Caso não seja escolhido, Meirelles disse que continuará no cargo até dezembro.