Presos de operação contra milícia começam a ser liberados no Rio

Roberta Pennafort

Rio

Nove de 137 presos na operação policial de combate à milícia realizada numa festa no dia 7 de abril na zona oeste já deixaram o complexo de presídios de Bangu nesta quinta-feira, 26.

Eles foram recebidos por parentes do lado de fora. Familiares seguem à espera de notícias da soltura dos demais.

O juiz Eduardo Marques Hablitschek, da 2ª Vara Criminal de Santa Cruz, revogou na quarta-feira, 25, a prisão preventiva dos 137. Eles integram o grupo dos 159 presos na operação policial.

Segundo as famílias, eles não têm envolvimento com milicianos, apenas estavam na festa porque havia um show de pagode.

A libertação atende a um pedido do Ministério Público, que sustentava que não havia provas efetivas para o oferecimento de denúncia contra os presos. O órgão defende a permanência na cadeia de 21 suspeitos apenas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos