Na Marcha para Jesus de SP, Doria sobe em trio elétrico com Flávio Rocha

Daniel Weterman

São Paulo

O ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), pré-candidato ao governo de São Paulo, subiu no principal trio elétrico da Marcha para Jesus, na capital paulista, junto com o empresário Flávio Rocha, presidenciável do PRB, defendendo um "palanque pelo Brasil".

"O ponto único é de defesa do Brasil, do crescimento do Brasil nem à esquerda nem à direita. É um palanque do Brasil. Não é um palanque do PSDB, nem um palanque do PRB", disse o tucano, ao subir no trio, que também conta com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), e líderes religiosos como o apóstolo Estevam Hernandes.

Mesmo com Geraldo Alckmin (PSDB) como pré-candidato ao Planalto pelo seu partido, Doria anunciou nesta quarta-feira, 30, que subiria no palanque de Flávio Rocha em nome de uma união do centro nas eleições presidenciais. O objetivo, disse Doria, é evitar uma vitória de Jair Bolsonaro (PSL) ou de Ciro Gomes (PDT) na disputa.

O evento desta quinta-feira, que reúne fiéis de diversas igrejas evangélicas, conta com 11 trios elétricos que se deslocam desde a Praça da Luz, na região central de São Paulo, até a Praça Heróis da FEB, na zona norte.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos