Não adianta polícia se Deus não estiver no controle, diz governador de SP

Daniel Weterman e Pedro Venceslau

São Paulo

Responsável pelo comando da Segurança Pública de São Paulo, o governador do Estado, Márcio França (PSB), disse nesta quinta-feira que não adianta de nada o trabalho da Polícia Militar se Deus não estiver no controle.

"O Brasil precisa de paz, compreensão e, acima de tudo, de muita fé. Não adianta colocar polícia, vigiar, se Deus não estiver no controle", disse França ao discursar para fiéis evangélicos durante a Marcha para Jesus, em São Paulo.

Líderes religiosos da igreja Renascer pediram para o governador, que é pré-candidato à reeleição, se ajoelhar enquanto oravam por ele e pelo Estado.

Greve

O governador disse ainda, em entrevista a jornalistas, que espera até o fim do dia para que todos os bloqueios decorrentes da greve dos caminhoneiros terminem no Estado.

A administração estadual publicou hoje, em Diário Oficial, a resolução que isenta caminhões da cobrança do eixo suspenso nas praças de pedágio.

O governador anunciou que sua gestão vai negociar com as concessionárias para que os prejuízos relativos à isenção sejam compensados com o adiamento do prazo dos contratos de concessão.

Além disso, França garantiu que o governo estadual vai fiscalizar se os postos de combustível estão aplicando o desconto no preço do diesel concedido pelo Governo Federal.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos