Topo

Bolsonaro diz ter certeza de que derrame de óleo foi criminoso, mas volta atrás

3.out.2019 - O presidente da República, Jair Bolsonaro - Isac Nóbrega/PR
3.out.2019 - O presidente da República, Jair Bolsonaro Imagem: Isac Nóbrega/PR

André Ítalo Rocha, Circe Bonatelli e Isadora Duarte

São Paulo

10/10/2019 11h39

O presidente Jair Bolsonaro comentou sobre o derramamento de petróleo que atinge Estados do Nordeste em evento com investidores em São Paulo. "Com toda certeza houve derramamento criminoso de petróleo na região costeira", disse Bolsonaro. Logo depois, o presidente voltou atrás e afirmou não ter certeza sobre o fato ter sido criminoso.

"Tenho quase certeza. Não temos bola de cristal para descobrir rapidamente quem é o responsável pelo ato criminoso, mas tomamos as providências", ponderou o presidente, durante o Fórum de Investimentos Brasil 2019. O evento, realizado em São Paulo, é organizado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e pela Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos.

Ele disse ainda que o governo enfrenta pressão da mídia com o desconhecimento dos fatos sobre as questões ambientais como ocorreu anteriormente na crise das queimadas da Amazônia. Bolsonaro elogiou a ação dos ministros do Meio Ambiente e da Defesa que "prontamente" se dispuseram para resolver a situação.

Mais Cotidiano