Após escândalo no atletismo, Adidas rompe contrato com IAAF

LONDRES, 25 JAN (ANSA) - Por causa do escândalo de doping em atletas russos, a marca de material esportivo Adidas rescindiu seu contrato com a Federação Internacional de Atletismo (IAAF), informou a emissora britânica "BBC" nesta segunda-feira (25).   


Segundo a emissora, a empresa considerou que as revelações sobre o esquema de doping de atletas são uma violação do contrato assinado com a entidade em 2008. Apesar de não se manifestar publicamente, a Adidas se limitou a informar que está em "contato próximo" com seu patrocinado no processo de reforma.   


A parceria entre a IAAF e a empresa seguiria até 2019 e foi avaliado, na época da assinatura, em US$ 33 milhões. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos