Morre ex-dirigente russo envolvido em escândalo de doping

MOSCOU, 15 FEV (ANSA) - Morreu neste domingo (14), aos 50 anos, o ex-diretor-executivo da agência antidoping da Rússia (Rusada) Nikita Kamayev, informou a mídia local. Segundo as primeiras informações, o cartola faleceu de um ataque cardíaco fulminante.   


A agência de notícias local Ria Novosti informou que o dirigente não sofria de problemas cardíacos conhecidos e que a morte de Kamayev ocorreu em casa, enquanto aguardava a ambulância.   


O ex-cartola havia renunciado ao cargo em dezembro após ter sido acusado de acobertar casos de doping de atletas russos, em um caso que fez a Agência Mundial Antidoping (Wada) suspender o país de todas as competições oficiais por tempo indeterminado.   


O russo é o segundo acusado de corrupção na agência antidoping que falece em menos de 15 dias. No dia 3 de fevereiro, o também ex-dirigente e fundador da Rusada Vyacheslav Sinev morreu de "causas desconhecidas". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos