Museu dinamarquês devolve obra antiga a Roma

ROMA, 08 JUL (ANSA) - A Itália recuperou o Carro Sabino, uma das peças mais antigas de Roma, graças a um acordo histórico com o Museu de Copenhague, na Dinamarca, que abrigava a peça.   


O carro com detalhes dourados era muito famoso e usado pelo povo sabino, civilização que vivia na região de Lazio, na Itália, e é datado de 70 d.C.   


A peça foi exportada ilegalmente e adquirida pelo museu Glyptotek Ny Carlsberg, de Copenhague, em 1971, junto com outros objetos que também pertenciam ao príncipe da época.   


O ministro de Bens Culturais da Itália, Dario Franceschini, anunciou o fim da negociação. "O acordo é fruto de um diálogo iniciado na primavera de 2012 e prevê que haja uma maior colaboração científica entre o museu e a Itália", disse.   


"O que no começo parecia apenas um acordo político, se transformou em um acordo poderoso e visionário, graças a um intenso diálogo", declarou o diretor do Glyptotek Ny Carlsberg, Flemming Friborg. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos