Papa receberá cão que ajudou a resgatar vítimas de terremoto

Em Roma

  • Giuseppe Cacage/ AFP

    A chanceler alemã Angela Merkel cumprimenta o cão Leo

    A chanceler alemã Angela Merkel cumprimenta o cão Leo

Leo, o cachorro que ajudou a localizar uma menina de 4 anos presa em escombros após o terremoto que atingiu a região central da Itália na semana passada, será recebido, junto a uma equipe de socorristas e voluntários, pelo papa Francisco no próximo sábado (3), no Vaticano.

O mundo ficou comovido com a história do resgate. Graças à ajuda do cão, a menina Giorgia pode ser encontrada após passar cerca de 16 horas enterrada sob escombros em Pescara del Tronto, distrito de Arquata del Tronto que praticamente sumiu do mapa.

Relembre o resgate da menina Giorgia

  •  

Sua irmã de dez anos, no entanto, não teve a mesma sorte. Ela foi encontrada morta ao seu lado, protegendo-a com seu corpo. Já seus pais também conseguiram escapar com vida. Leo estará na Praça São Pedro junto a seu condutor, Matteo Palladinetti, e outras autoridades de Pescara del Tronto.

O premiê italiano, Matteo Renzi, e a chanceler da Alemanha, Angela Merkel, já haviam recebido Leo, junto a um grupo de bombeiros, na última quarta-feira (31). A reconstrução dos vilarejos devastados pelo terremoto do último dia 24 foram um dos temas abordados durante a reunião.

O terremoto deixou, ao todo, 293 mortos. São 232 mortos em Amatrice, 11 em Accumoli e 50 em Arquata del Tronto. Além disso, centenas de pessoas ficaram feridas. Até o momento, 2,9 mil pessoas estão desabrigadas nas regiões de Lazio e de Marcas, de acordo com dados da Defesa Civil.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos