Geddel pede demissão da Secretaria de Governo

SÃO PAULO, 25 NOV (ANSA) - O ministro da Secretaria de Governo, Geddel Vieira Lima, entregou na manhã desta sexta-feira (25) uma carta de demissão ao presidente Michel Temer.   


Na última semana, Geddel foi acusado de ter pressionado o ex-ministro da Cultura Marcelo Calero para liberar uma obra em Salvador. Calero afirmou à Polícia Federal (PF) que, durante uma audiência no Palácio do Planalto, Temer interveio em favor aos interesses do peemedebista. Calero, que pediu demissão na última sexta-feira (18), gravou a conversa que teve com Temer e disse que o mandatário o "enquadrou" para que ele encontrasse uma "saída" para desembargar a construção do condomínio La Vue, na capital da Bahia, em que Geddel comprou um apartamento. Geddel é o sexto ministro que deixa o governo de Michel Temer desde que assumiu à presidência do Brasil. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos